BCIC11 – Explorando Oportunidades nos Setores Econômicos

BCIC11

6 de agosto de 2023

Ícone de Compartilhamento

O BCIC11 é um fundo de investimento destinado a investidores individuais e institucionais, permitidos por lei a adquirir cotas do fundo. Sob a gestão da Bradesco Asset Management S.A. DTVM, com o Banco Bradesco S.A. como custodiante e administrador, o BCIC11 tem como objetivo investir em empresas que são mais expostas aos ciclos econômicos. Seu objetivo é replicar o desempenho do índice Morningstar Brazil Cyclical Sectors Equal Weighted Select.

Características do BCIC11:

O BCIC11, lançado em 14 de fevereiro de 2023, tem como referência o índice Morningstar Brazil Cyclical Sectors Equal Weighted Select. Sua taxa de administração anual é de 0,20%, buscando oferecer aos investidores a oportunidade de se expor a setores como materiais básicos, consumo cíclico, serviços financeiros, imobiliário, serviços de comunicação, industrial e energia, que são mais afetados pelas mudanças econômicas.

Caso queira aprender melhor sobre um ETF específico do agronegócio, conheça o BBOI11.

Regras de Movimentação:

No mercado secundário, os investidores têm a possibilidade de adquirir cotas do BCIC11 em lotes mínimos, definidos pela B3. No mercado primário, as aplicações e resgates são realizados através de Agentes Autorizados, seguindo os requisitos mínimos de lotes de 50.000 cotas. A cesta de ativos na integralização ou resgate é composta por, no mínimo, 95% do valor representado por ações do índice, e o restante em valores em dinheiro ou outros investimentos permitidos, de acordo com o Regulamento do Fundo. A critério da gestora, a cesta de ativos pode ser substituída por valores em dinheiro correspondentes.

Tributação:

As cotas do BCIC11, quando negociadas na bolsa, estão sujeitas a uma alíquota de 15% sobre o ganho de capital, calculado com base na diferença entre os valores de venda e compra das cotas. Para se beneficiar dessa alíquota, é necessário que a média de repactuação dos ativos em carteira seja superior a 720 dias. Não há cobrança de IOF nem de come-cotas sobre o fundo. Informações detalhadas sobre a tributação aplicável podem ser encontradas no documento específico sobre tributação.

Descrição do Ativo:

O BCIC11 concentra seus investimentos em setores mais expostos aos ciclos econômicos, como materiais básicos, consumo cíclico, serviços financeiros, imobiliário, serviços de comunicação, industrial e energia. Esses setores tendem a ser mais impactados por mudanças econômicas e flutuações do mercado. A carteira do fundo é composta por empresas líderes nesses setores, como ITSA4, VIVT3, ITUB4, PRIO3, B3SA3, ITSA3, BBDC3, EMBR3, BBDC4, VALE3, WEGE3, LREN3, entre outras. No entanto, é importante considerar os fatores de risco associados ao investimento, como risco econômico e risco setorial. Seus documentos podem ser consultados no site do Bradesco.

Oportunidade de Rentabilidade:

Considerando a estratégia do BCIC11, há oportunidades potenciais de rentabilidade. Setores mais expostos aos ciclos econômicos tendem a se beneficiar em períodos econômicos favoráveis. A diversificação nos setores permite ao fundo aproveitar oportunidades específicas em diferentes áreas da economia, buscando maximizar o retorno para os investidores.

O que avaliar:

Com base na análise qualitativa, é recomendado que os investidores considerem alguns pontos ao avaliar o BCIC11. A diversificação é importante, utilizando o fundo como parte de uma estratégia de diversificação de portfólio. Além disso, é necessário ter um horizonte de investimento de médio a longo prazo para lidar com a volatilidade de curto prazo e permitir que o fundo atinja seu potencial máximo de rentabilidade. Acompanhar regularmente o desempenho do BCIC11 e revisar a composição da carteira são práticas essenciais.

Conclusão:

O BCIC11 oferece aos investidores a oportunidade de investir em empresas mais expostas aos ciclos econômicos, buscando replicar o desempenho do índice Morningstar Brazil Cyclical Sectors Equal Weighted Select. Com uma análise cuidadosa dos setores e empresas presentes na carteira, considerando os fatores de risco e as oportunidades de rentabilidade, os investidores podem tomar decisões informadas sobre seu investimento. É fundamental que cada investidor leve em conta seu perfil de risco, objetivos financeiros e busque orientação de profissionais qualificados. Quaiquer dúvidas, é possível entrar em contato direto com a gestora.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe:

Tags: