BBOI11: Como funciona o ETF de Boi Gordo?

Saiba mais sobre BBOI11, entendendo seu funcionamento, características, taxas, vantagens e muito mais

BBOI11

7 de agosto de 2023

Ícone de Compartilhamento

O BBOI11 é um ativo administrado pelo Banco do Brasil, que visa replicar o comportamento e a rentabilidade do índice IFBOI B3. O índice reflete o preço do contrato futuro do Boi Gordo, ou seja, quando o preço do Boi Gordo sobe, o indicador sobe, e quando ele baixa, o indicador também cai. Assim, o BBOI11 pode ser uma alternativa interessante para investidores surfarem em altas no preço da commodity e, possivelmente, lucrarem com o crescimento do agronegócio brasileiro.

Destaques:

  • BBOI11 é um ETF listado na B3, que busca replicar o índice IFBOI B3, que representa o preço do contrato futuro do Boi Gordo.
  • O ativo representa uma possibilidade de investir no agronegócio brasileiro via home broker, com toda sua praticidade e comodidade.
  • O fundo possui gestão passiva, sendo constituído com a função única e exclusiva de replicar seu indicador. Assim, seu custo de administração é muito competitivo, quando comparado a fundos com gestão ativa.

Overview

O BBOI11 é constituído como um ETF (Exchange Traded Fund) de índice. De maneira simplificada, isso significa que ele é um fundo de investimento, que segue algumas regras pré-estabelecidas, buscando refletir ao máximo seu indicador – no caso, o IFBOI B3. Sua gestão é passiva, como acontece na maioria dos ETFs, que representa uma vantagem custo, com o trade-off de não ter algum gestor ativamente alocando e realocando os ativos do fundo.

Entender a fundo o ativo é a chave para qualquer investimento. Warren Buffett, um dos maiores investidores de todos os tempos, sempre pregou que o conhecimento funciona e rende “juros compostos” e que pouco estão dispostos a estudar. Durante o artigo, iremos nos aprofundar e analisar as caracteristicas do BBOI11. Além de entender melhor o funcionamento geral desse ETF, iremos abordar suas principais vantagens e desvantagens, para ajudar você a entender se o ativo encaixa em sua estratégia de investimentos.

IFBOI B3

O primeiro passo para analisar o BBOI3 é entendermos como funciona seu índice de referência. O IFBOI B3 (abreviação para Índice Futuro de Boi Gordo) foi criado em 2017 e busca replicar o preço do Contrato Futuro do Boi Gordo. Sua metodologia de cálculo é um pouco complexa, mas em resumo, ele representa as variações na precificação do Boi Gordo, uma das principais commodities brasileiras.

Boi Gordo

O Boi Gordo é uma commodity do Boi adulto para venda. Ele segue algumas especificações:

  • Ter até 3 anos e meio de idade.
  • Ter aproximadamente 16 arrobas líquidas de peso, que equivalem a aproximadamente 240kg.

O Contrato Futuro de Boi Gordo (BGI)

Por meio de contratos futuros, os atores de mercado conseguem negociar ativos, como commodities, por um preço determinado, em uma data futura. Esse ferramental é muito importante para a cadeira produtiva, por diminuir riscos associados à volatilidade de mercado.

Por exemplo, o produtor pode se aproveitar de um BGI para mitigar o risco em seu negócio de o preço de venda do Boi Gordo estar muito abaixo do esperado.

Principais características do BBOI11

BBOI11 é um fundo administrado pelo Banco do Brasil, constituído em forma de condomínio aberto. O ativo tem como público alvo pessoas físicas e jurídicas interessadas em aumentar sua exposição ao setor agropecuário brasileiro, assumindo seus riscos e potencial de retorno.

Sua política de investimento obriga que pelo menos 95% dos recursos do fundo sejam investidos, de maneira direta ou indireta, em ativos que reflitam a variação do indicador IFBOI B3. O restante do montante pode ser investido em ativos de baixo risco, como Títulos Públicos ou Certificados de Depósitos Bancários, ou operações de derivativos, única e exclusivamente para mitigar os riscos da carteira.

  • Ticker de negociação: BBOI11
  • Índice de Referência: IFBOI B3
  • Administrador: BB Asset
  • Escriturador: Banco do Brasil
  • Custodiante: Banco do Brasil
  • Controlador: Banco do Brasil
  • Auditor: Delloite
  • Formador de Mercado: Genial Investimentos
  • Agente Autorizado: Genial Investimentos

Contato

O diretor que responde pelo ETF é o Marconi José Queiroga Maciel. É possível contatar ele via telefone (11) 2138-0875 ou email bbdtvm.admfiduciaria@bb.com.br

Dividendos

De acordo com o regulamento do fundo (em seu capítulo V, parágrafo 4o) o fundo, por meio de sua administradora, sempre que possível irá incorporar ao patrimônio todos os rendimentos da própria carteira. Ou seja, normalmente o BBOI11 não distribui dividendos, reinvestindo todo o lucro novamente no ETF. Essa característica permite o ativo a seguir seu índice de referência com maior aderência.

Custos e taxas

BBOI11 é um ETF que possui um custos e taxas competitivas

  • Taxa de administração: 0,45%
  • Taxa de performance: 0%
  • Imposto: 15% sobre ganho de capital na alienação

Vantagens

O BBOI pode ser um ativo muito interessante ao investidor interessado em aumentar sua exposição ao setor do agronegócio brasileiro, que se manteve bastante resiliente, mesmo durante os últimos anos de cenário macroeconômico conturbado.

Existem motivos concretos para otimismo no setor. Na primeiro semestre de 2023, o Ministério da Agricultura confirmou que após mais de uma década de negociações, o mercado consumidor mexicano de carne bovina se abriu aos fornecedores brasileiros.

Além disso, as negociações para a retomada de exportação de carne bovina ao mercado chinês devem retomar os preços da commodity no Brasil.

Algumas vantagens desse investimento:

  • Resiliência de demanda de commodities alimentícias
  • Abertura e reabertura de mercados consumidores de Boi Gordo podem impulsionar o setor nos próximos meses
  • Praticidade, liquidez e baixa taxa de administração de um ETF com gestão passiva

Desvantagens

Assim como qualquer investimento, há riscos sistêmicos e particulares envolvidos.

Os principais que se destacam, são:

  • Alta volatilidade recente no preço da commodity
  • Pouca diversificação, sendo fundo de uma commodity
  • Incertezas em relação à macroeconomia global, que pode impactar negativamente as commodities

Histórico do etf

O ETF BBOI é bastante recente, sendo lançado pelo Banco do Brasil no fim de 2022. Durante seus primeiros meses, incluindo o fim de 2022 e o primeiro semestre de 2023, a performance foi negativa, com uma queda acentuada de quase 30% em seu valor. Essa baixa, obviamente, coincide com a diminuição dos preços do contrato futuro de Boi Gordo no período.

Como comparação, durante o mesmo período, o Ibovespa subiu mais de 10%, devido a avanços em agendas estruturantes, como a reforma tributária, e a sinalizações do Banco Central de que a taxa SELIC iria começar seu ciclo de queda.

Conclusão

O Boi Gordo é uma das principais commodities brasileiras e representa uma parcela relevante das exportações brasileiras. Durante os últimos meses, seu preço foi altamente impactado pelo fechamento do mercado chinês.

Porém, é provável que seu preço volte aos patamares anteriores, liderado pela reabertura chinesa, juntamente com a abertura de novos mercados, como o mexicano, coreano e japonês. Há também um movimento de diminuição da oferta da mercadoria, por parte dos produtores, o que fortalece o movimento de apreciação do preço da commodity.

Durante o texto, foi possível debater as principais características do BBOI. O ativo pode ser interessante ao investidor que busca diversificar sua carteira, aumentando sua exposição ao agronegócio brasileiro.

O que você achou deste artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 7

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe:

Tags: